Saúde confirma morte de 3 pacientes isolados com suspeita de superbactérias

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal confirmou, durante coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (1º/6), a morte de três pacientes no Hospital Regional de Taguatinga (HRT). No entanto, a pasta não confirma que a causa da morte dos pacientes seja superbactéria. Por enquanto, pode-se confirmar apenas que os pacientes que morreram tinham contraído duas delas: enterococo e KPC. Ao menos cinco pessoas com enterococo seguem isoladas no HRT.

“Estamos utilizando todas as possibilidades de cura, com utilização de novos medicamentos e até aqueles que já não usávamos há muito tempo. O trabalho de monitoramento de bactérias é diário nos hospitais”, garantiu a Coordenadora de infectologia do DF, Maria de Lourdes.

Segundo a Secretaria de Saúde, a emergência do HRT volta a funcionar nesta terça-feira (2/6). Ainda segundo a pasta, o hospital vai receber, na noite desta segunda-feira, uma operação de limpeza para desinfetar a unidade de saúde.

Entenda

Na noite desse domingo (31/5), a Secretaria de Saúde do DF confirmou a morte de duas mulheres que haviam sido isoladas no HRT, após terem contato com outra paciente contaminada por superbactéria.

No Hospital Regional do Guará, três pacientes seguem isolados depois que exames apontaram a presença da superbactéria Acinetobacter baumanii. No entanto, o atendimento na unidade de saúde segue normal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s