COMO SE ATRAI MOSCAS?

Diriam os senhores que é com açúcar.

20882022_714697035367301_7897920770295207313_n
Obra Catarse, do poeta Evan do Carmo – 2017 Ed do Carmo.

Sobre a poesia, os arquétipos, os ditos mitos, imortais, como Camões, Fernando Pessoa, Homero, Dante, e outros tantos, usamos estes como referências que temos para discutir ou para embasar nossos estudos, mas até que ponto devem ser levados a sérios, como algo imutável, insuperável?

Contudo, eu ainda me apego a uma máxima crucial:

“Deixem que os mortos enterrem seus mortos.”

Poetas, Filósofos, doutores da psicanálises, sejam estes Freudianos, Nietzschianos, Lacanianos, não importa, o mesmo se dá na filosofia, pré-socrática ou moderna.

Portanto, não incentivo que percam muito tempo em suas análises e leituras, Schopenhauer tem sempre razão quando fala, sobre a incapacidade dos que leem todos estes mitos, mas que não são capazes de elaborar algo novo.

Escolho este senhores imortais como açúcar para atrair “moscas,” mas meu verdadeiro intuito é revelar novos gênios, por isso são tão pomposos os títulos dos projetos que dou à luz. Dou muito mais valor aos meus contemporâneos do que a estes mortos que nada podem produzir além do que já foi dito e feito.

Continuaremos a fazer uso destes belos postais, para atrair novos viajantes ao mundo da criação artística, mas é imprescindível que avancemos além das paisagens paradisíacas que nos são apresentadas, por estes guias de tão nobre estirpe.

Evan do Carmo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s