SOBRE OS GÊNIOS DE VAN GOGH E FERNANDO PESSOA.

NNNNN.jpg
FERNANDO PESSOA & VAN GOGH

Se um homem leva toda sua vida lutando contra a mediocridade contemporânea, em busca de se tornar grande, mas a sua grandeza só virá póstuma, que proveito teve este empenho…? Assim, penso que Van Gogh está para pintura como Fernando Pessoa para poesia…. Gênios ignorados pelos estudiosos do seu tempo…

Fernando Pessoa publicou, em vida apenas um livro, e isso foi porque se inscreveu em um concurso promovido pelo estado. Todavia, sua obra, por ser curta, e não existir um juri com capacidade de analisar seu trabalho pelo valor poético e histórico, e não pelo número de páginas, deram o primeiro lugar para um padre, pois segundo eles, este livro do padre tinha mais conteúdo, ou seja era bem mais grosso do que o livro do Fernando.

“Com uma tal falta de gente coexistível, como há hoje,que pode um homem de sensibilidade fazer senão inventar os seus amigos,ou quando menos, os seus companheiros de espírito?”

Penso que há sim um paralelo entre Van Gogh e Fernando Pessoas, é claro que Fernando não teve um final tão trágico como Van Gogh, que deu cabo em sua própria vida, com um bala, que por asar não acertou o coração como desejava, mas no que tange às suas personalidades, solitárias e insatisfeitas com sua sorte, são de fato semelhantes. Ambos não tiveram sorte com o amor, sofreram com a rejeição, não tiveram sorte ou paciência para lidar com o sexo oposto.

“Esquecer-se de si, realizar grandes coisas, atingir a generosidade, e ultrapassar a vulgaridade na qual se arrasta a existência de quase todos os indivíduos…” 

Na produção foram ambos grandes criadores de novidades, a ponto de criarem revolução com sua arte. Embora não tenham sido reconhecidos em vida, suas obras são pilares indestrutíveis para segurar toda uma eternidade criativa,  capaz de influenciar gerações futuras.

O que se deve lamentar, é que gênios como eles não usufruíram os bônus materiais e espirituais do seus trabalhos, não beberam o vinho da satisfação de ser reconhecidos.  Se um homem leva toda sua vida lutando contra a mediocridade contemporânea, em busca de se tornar grande, mas a sua grandeza só virá póstuma, que proveito teve este empenho…?

Van Gogh vendeu apenas um quadro em vida, contudo deixou milhares de obras para o deleite da humanidade, mas, por ironia do destino, coisa que só acontece com os gênios extemporâneos, em 1990 um quadro seu foi vendido pela bagatela de 82,5 mil dólares. Fernando Pessoa é hoje reconhecido como o maior poeta de língua portuguesa, mas morreu sem fama, e solitário, em profundo estado de abandono social, tinha poucos amigos, e nenhum amor para lhe segurar a mão na hora da partida, daquilo que ambos consideram como mundo injusto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s