Após implodir Ciro, PT e Lula se preparam para novas brigas na Justiça

Cópia_de_segurança_de_PIANISTA COREL.jpg
Artistas usam máscaras de Lula em festival que pediu sua liberdade no último fim de semana(foto: Mauro Pimentel/AFP)

Depois de uma quarta-feira em que conseguiu impedir o apoio do PSB em nível nacional a Ciro Gomes — um movimento feito sob coordenação do próprio ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva — e conseguir fechar aliança com os socialistas em 11 estados, o PT volta toda sua atenção agora para o Judiciário, principal obstáculo para que Lula seja apresentado na tevê como candidato antes de ter sua candidatura impugnada.

O alerta vermelho na direção petista acendeu quando o ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), pediu pressa no julgamento de um pedido de liberdade feito pela defesa de Lula e sinalizou que incluirá na discussão a questão da elegibilidade de Lula. Fachin disse que espera ver o caso julgado antes de 15 de agosto, prazo final para registro de candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Diante dessa possibilidade, o PT já avalia dois movimentos, segundo a Folha de S. Paulo. O primeiro seria desistir do pedido de liberdade para evitar que, além de ele ser negado, acabar servindo para impedir que Lula se apresente como candidato.

O outro é apresentar Lula como candidato na tevê mesmo que a Justiça impeça que ele seja apresentado como tal. Segundo a jornalista Mônica Bergamo, o partido acredita ser possível mostrar Lula como aspirante ao Planalto em uma candidatura sub judice, pois apresentará recursos contra a decisão que torne Lula inelegível.

Com esses movimentos recentes, o PT busca mostrar, neste momento, que seu plano é mesmo levar a candidatura do ex-presidente até as ultimas consequências, evitando falar de plano B, por ora. Porém, não sai do radar dos petistas a estratégia de se ver forçado a indicar um nome para substituir Lula. Marqueteiros ligados ao partido calculam que Lula consiga transferir de 17% a 22% para o plano B, o que colocaria os petistas no segundo turno das eleições, com ou sem Lula candidato.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s