STF adia decisão sobre prisão após 2º instância; placar está 4 a 3 a favor

Mídia de cabeçalho
O Supremo Tribunal Federal continuou, nesta quinta, o julgamento para definir o momento em que uma pessoa condenada poderá ser presa: após condenação em segunda instância ou quando se esgotaram todas as possibilidades de recurso. Quatro ministros votaram a favor e três, contra. Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Dias Toffoli ainda não votaram. A data em que a sessão será retomada ainda não foi definida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s