ENTREVISTA COM PAULO SALDANHA 31 OUT/19

CAPA PAULO SALDANHA.jpg
PAULO SALDANHA, ESCRITOR E POETA
  • Como se tornou um escritor e poeta?

Quando percebi que através das palavras poderia dar minha contribuição em provocar a curiosidade, estimular a pesquisa e promover uma reflexão sobre temas importantes.

  • Em que idade foi despertado para escrever poesias?

Aprendi desde criança através de meus pais e avós a valorizar os contos e poesias e principalmente as mensagens que as mesmas continham. Chamavam a atenção na época para a sabedoria que estavam ocultas nas entrelinhas.

  • Como que um engenheiro concilia as duas coisas?

Na verdade na minha juventude, ainda como professor procurava utilizar a contos e poesias para alicerçar um conceito, um tema, um valor que estava trabalhando. Descobri que desta maneira conseguia alicerçar conceitos e principalmente levava a reflexão o meu público alvo. Através de seus feedback, senti que contos e poesias tinham este “plus”. Comecei aí a minha carreira solo construindo minhas próprias poesias.

Na vida profissional como engenheiro atuante na área de sustentabilidade, esta metodologia se repetiu e constatei sua eficácia na fixação de princípios importantes na proteção da vida, do meio ambiente e na responsabilidade socioambiental nas empresas.

Constatei que contos e poesias colocadas estrategicamente, sempre agregam valores quando o assunto é sensibilização.

Neste trabalho de poesias no mundo líquido, sociabilizo algumas de meu acervo utilizadas ao longo de minha jornada.

5- Sua poesia deseja despertar que sentimento no seu leitor?

A poesia tem a capacidade de aguçar a sensibilidade, estimular a pesquisa e provocar reflexões. Sobre este prisma ela é abrangente, seja para o crescimento pessoal como profissional e deve acompanhar e refletir os anseios e transformações da sociedade no mundo atual, o que hoje bem definido por Zigmunt Bauman, sociólogo e filósofo polonês, como Mundo Líquido.

6- Qual o poder da literatura como instrumento de transformação no homem?

R- A poesia no meu ponto de vista deve provocar em quem a lê principalmente uma reflexão. Com isto se torna um grande e eficaz instrumento de transformação.

  • Fale sobre vc, quem é Paulo Saldanha?

Um engenheiro civil, que após vivenciar um país em guerra em 1992, resolveu direcionar sua colaboração profissional na área de sustentabilidade, vertente ligada diretamente à proteção da vida, do meio ambiente e da responsabilidade socioambiental e que aprendeu de uma maneira própria a utilizar os contos e poesias em seus programas de sensibilização.

  • O que deseja conquistar com sua escrita?

Uma reflexão. Um olhar interior do Homo

Sapiens atual sobre seus questionamentos e relações, seja com o universo, consigo mesmo, com seus pares, com a natureza e principalmente com este mundo líquido, que se transforma dia a dia.

  • Contatos do autor

Email: ps.mundoliquido@gmail.com

Tel: +55 21 81 997902548

para comprar meu livro

https://clubedeautores.com.br/livro/mundo-liquido

https://www.amazon.com/dp/1701520788/ref=pd_rhf_se_p_img_3?_encoding=UTF8&psc=1&refRID=9S8WP53Y5XC7M6V6EMWG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s