POR QUE ELA FUMA-EVAN DO CARMO

POR QUE ELA FUMA

Enquanto o mundo se esvai em guerras e sangue
Ela fuma…
E o coração da floresta exangue
Mulheres encarceradas têm suas línguas cortadas
Enquanto os rios morrem e a chuva cessa….
Ela fuma….

Enquanto a juventude passa como uma brisa, ela fuma….
No horizonte, nenhuma esperança se vislumbra…
A magia de viver não a encanta…
Olhos vendados… Morte, vida em crescimento.
Enquanto tudo não faz sentido ela fuma….
Um cigarro que não falta, não mata, não delata…
Leme de uma nau pelo deserto…
Está sempre à mão.

Amizade, amor, sinceridade, tudo vão…
Enquanto o mundo dorme e os homens se embriagam…
Enquanto seu ônibus não chega…

Enquanto crianças morrem de frio e de fome sobre cinzas étnicas…. Ela fuma… E aviões caem no
mar, mísseis apontam para a estupidez humana.
Enquanto isso, ela fuma… até poeta abstêmio se
rende ao vício. Por que ela fuma.

EVAN DO CARMO, DO LIVRO CATARSE…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s