Arquivo da categoria: Sem categoria

Como usar no ministério a brochura e o livro Seja Feliz para Sempre!

O cantor e compositor Gilberto Gil vai concorrer a uma vaga na Academia Brasileira de Letras, confirmou sua mulher Flora ao jornal O Globo.

Além da vaga do diplomata Affonso Arinos de Mello Franco, morto em 15 de março do ano passado, declarada aberta nesta quinta-feira, 5, serão declaradas abertas a candidaturas as vagas do jornalista Murilo Melo Filho, morto em 27 de maio de 2020, do professor Alfredo Bosi, morto em 7 de abril de 2021, e a do advogado e ex-vice-presidente do Brasil Marco Maciel, morto em 12 de junho.

A ABL realizou nesta quinta-feira, 5, a primeira de quatro sessões virtuais para se despedir e homenagear os integrantes mortos recentemente.

Gil pode se candidatar tanto à vaga de Murilo Melo Filho quanto à de Bosi, vagas desde a morte de seus ocupantes, durante o período em que a ABL permaneceu fechada, ao longo da pandemia de covid-19.

A atriz Fernanda Montenegro, os escritores Daniel Mundukuru e Godofredo de Oliveira Neto e o poeta Salgado Maranhão também podem se candidatar às cadeiras vagas na ABL.

MP do Trabalho pede afastamento de Sérgio Camargo, que nega assédios

Em março desse ano, três diretores da Fundação Palmares pediram demissão de seus cargos por alegarem não haver espaço para diálogo, inviabilizando o desenvolvimento dos trabalhos

Após o Ministério Público do Trabalho pedir o afastamento do presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, em uma ação que investiga denúncias de assédio moral, perseguição ideológica e discriminação aos servidores da pasta, o presidente se manifestou pelas redes sociais, negou as acusações e respondeu também com ofensas.

As denúncias que compõe a ação que pede o afastamento de Camargo foram divulgadas pelo Fantástico, da Rede Globo, no domingo (29/8) e, desde então, o presidente da Fundação Palmares se manifesta pelas redes sociais. 

Segundo o Fantástico, as denúncias são baseadas em relatos de 16 servidores e ex-funcionários, que expuseram uma rotina de ataques do chefe. Sérgio Camargo negou e disse que “todas as denúncias são fakes” e que partiram de “militantes vitimistas e traíras”.

“O MPT não tem autoridade para investigar servidores ou pessoas em cargos comissionados, pois somos regidos pelo estatuto, não pela CLT. As acusações partiram de militantes vitimistas e traíras. Há duas cartas públicas em minha defesa assinadas por todos os servidores da Palmares”, disse. 

Desde que assumiu a Fundação Palmares em novembro de 2019, Sérgio Camargo acumula polêmicas e se diz contra o movimento negro, que segundo ele é deletério. 

VÍDEO – Nicolelis: “Variante Delta tomou conta do Brasil e se espalha numa velocidade impressionante”

Em live do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), o cientista Miguel Nicolelis fez um alerta sobre a variante Delta, nova cepa do coronavírus.

“A variante Delta, que é uma modificação mais grave do vírus, tomou conta do Brasil”, avisa.

“Ela está se espalhando numa velocidade impressionante. Vocês só precisam ver o que acontece nos EUA e em Israel, onde boa parte da população já foi vacinada e, mesmo assim, o país está sendo fechado novamente”.

De acordo com Nicolelis, o mesmo deverá acontecer no Brasil no próximo mês e o país também precisará aplicar a terceira dose da vacina.

“Aqui no Brasil, tudo leva a crer que em setembro nós vamos ter a mesma coisa. Então, infelizmente não há como aumentar as aglomerações nesse momento”, disse ele.

VÍDEO: ‘Quero que quintuplique o número de armas no Brasil’, diz Bolsonaro

Em conversa com apoiadores no cercadinho do Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o armamento da população.

Bolsonaro disse desejar que “quintuplique” o número de armas nas mãos de “cidadãos de bem”.

“A imprensa, de novo, fazendo matéria essa semana que tem dobrado ano a ano o número de armas no Brasil. Eu quero que quintuplique. Quanto mais armado tiver o povo, melhor para todo mundo”, afirmou.

A declaração acontece em meio às convocações para o ato golpista do dia 7 de setembro.

Bolsonaro disse que fará “pronunciamento demorado” no ato em SP

Em entrevista à Rádio Jornal Pernambuco, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que estará nos atos golpistas de 7 de setembro em Brasília e São Paulo.

Ele disse que passará rapidamente pela manifestação em Brasília, às 10h, e logo em seguida viajará para a capital paulista.

“Por volta de 12h, embarco para São Paulo, para participar do evento na [Avenida] Paulista, onde devo chegar às 15h30”.

Na Paulista, o presidente afirma que fará um pronunciamento “mais demorado”.

“Vou falar com a população, dar uma mensagem de esperança, e também mostrar para o mundo a fotografia de um local, de como o povo está preocupado com seu futuro”, disse.

Pfizer e BioNTech assinam acordo com Eurofarma para fabricação de vacina contra Covid-19

Profissional de saúde segura frasco da vacina da Pfizer contra Covid-19 — Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

A Eurofarma começará a fabricar as doses prontas a partir de 2022. Produção anual deverá exceder 100 milhões de doses. Distribuição será exclusivamente para a América Latina. Produção das vacinas será feita em Itapevi (SP).

Pfizer e BioNTech anunciaram nesta quinta-feira (26) a assinatura de uma carta de intenção com a farmacêutica brasileira Eurofarma para fabricação local da sua vacina contra Covid-19 e distribuição na América Latina.

Esta será a terceira vacina fabricada em território nacional. A CoronaVac, da Sinovac, é fabricada em parceria com o Instituto Butantan (SP). Já a vacina da AstraZeneca/Oxford é fabricada pela Fiocruz (RJ).

Segundo comunicado das empresas, a Eurofarma receberá o produto de instalações nos Estados Unidos. A fabricação das doses acabadas terá início em 2022 e todas as vacinas serão distribuídas exclusivamente na América Latina.

“Em plena capacidade operacional, a produção anual deverá exceder 100 milhões de doses“, informaram.

LEIA TAMBÉM

Para Albert Bourla, presidente e CEO da Pfizer, o acordo vai permitir um acesso justo e equitativo à vacina.

“Todos – independentemente da condição financeira, etnia, religião ou geografia – merecem acesso às vacinas contra a Covid-19, que salvam vidas. Nossa nova colaboração com a Eurofarma expande nossa rede global de cadeia de suprimentos, nos ajudando a continuar fornecendo acesso justo e equitativo à nossa vacina. Continuaremos a explorar e buscar oportunidades como esta para ajudar a garantir que as vacinas estejam disponíveis para todos os que precisam”, disse Bourla.

Após Bolsonaro falar em impeachment de ministros do STF, Pacheco diz que análise não é ‘recomendável’ para o Brasil

Constituição diz que cabe ao Senado processar e julgar ministros do Supremo em casos de crime de responsabilidade. Bolsonaro diz que pretende pedir impeachment de Barroso e Moraes.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou nesta terça-feira (17) que não considera “recomendável”, para o Brasil, avançar na discussão de um eventual impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ou do presidente da República.

Continuar lendo Após Bolsonaro falar em impeachment de ministros do STF, Pacheco diz que análise não é ‘recomendável’ para o Brasil

Na AMAN, comandante do Exército chama Bolsonaro de general e puxa bordão eleitoral. Por Jeferson Miola

Originalmente publicado no blog do Jeferson Miola

No sábado [14/8] Bolsonaro prestigiou cerimônia de entrega de espadim [réplica da espada de Duque de Caxias, o patrono do Exército] aos cadetes da AMAN, a Academia Militar de Agulhas Negras, em Resende/RJ.

Ao final do discurso do Bolsonaro, o comandante do Exército cometeu um ato falho e chamou o capitão de general. Além do ato falho, o general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira também puxou o bordão “Brasil, acima de tudo” – que é o brado da Brigada de Infantaria Paraquedista do Exército apropriado como slogan da chapa Bolsonaro/Mourão na eleição de 2018.

Continuar lendo Na AMAN, comandante do Exército chama Bolsonaro de general e puxa bordão eleitoral. Por Jeferson Miola