Arquivo da categoria: Sem categoria

Bolsonaro defende filho e ataca democracia mais uma vez

Jair Bolsonaro defendeu o filho Carlos, vereador pelo PSC-RJ, e disse que ele falou “o óbvio” em mensagem ofensiva à democracia publicada nas redes sociais. Em entrevista à TV Record, Bolsonaro disse que o filho tem razão, já que, em um governo de exceção, medidas seriam aprovadas mais rapidamente

Continuar lendo Bolsonaro defende filho e ataca democracia mais uma vez

CRÍTICA AL LIBRO “CATARSIS”, DE EVAN DO CARMO

El libro CATARSIS, del veterano poeta paraibano Evan do Carmo, es una obra indispensable en la biblioteca de todo lector amante de la poesía.

Su calidad ya se anuncia en el excelente prólogo de autoría del talentoso poeta y psicólogo Alufa-Licuta Oxoronga, que sacia su hambre poética degustando las recetas sofisticadas y exóticas del “Chef” Evan, como análoga y metafóricamente sintió los bellos versos del autor.

Así como la sombra del viajero Nietzsche, autor que Evan tanto admira, su alma es poeta y filósofa, desparramando sus eclécticos y sensibles poemas en las páginas receptivas de CATARSIS y extasiándonos con la profundidad de cada uno de ellos.

 Se observa en su obra la dicotomía entre la esperanza y la desesperanza, que se queda evidente en el bello “soneto del amor improbable”, de influencia claramente VINICIANA, en “desesperación y desesperanza” y en “murió la esperanza”, entre otros versos.

 Hay un latente pesimismo nihilista del autor concierne a la nuestra sociedad lograr llegar, o regresar, al estándar de ética y decoro político y social ideal, preocupación que es de todos nosotros.

Continuar lendo CRÍTICA AL LIBRO “CATARSIS”, DE EVAN DO CARMO

Bolsonaro vai montar estado policial para atacar concorrentes e adversários políticos

Eliane Cantanhêde, Jair Bolsonaro, João Doria e Luciano Huck

“Mesmo antes de centralizar as escolhas do novo procurador-geral da República e o comando da PF, Receita e Coaf, o presidente Jair Bolsonaro já usou publicamente, e com seu próprio viés, informações conhecidas contra, por exemplo, Luciano Huck, João Dória, jornalistas. E se tiver acesso a dados de ministros de tribunais, deputados, senadores, governadores, funcionários, cidadãos e cidadãs?”, questiona

 

A jornalista Eliane Cantanhêde teme que Jair Bolsonaro monte um estado policial contra seus adversários políticos. “O mais novo temor em Brasília é que a Lava Jato original possa ser trocada por uma Lava Jato particular, em que os dados não seriam mais compartilhados por uma força-tarefa de juízes, procuradores, auditores e delegados para o combate à corrupção, mas, sim, centralizados num único gabinete: o do presidente da República.  Quando se questiona essa investida simultânea na PF, no antigo Coaf e na Receita, suspeita-se que tudo isso é para a proteção de filhos, parentes, amigos e poderosos dos três Poderes. Que tal olhar para o outro lado da moeda? E se, em vez de ser exclusivamente de defesa, uma intervenção nas instituições de investigação servir também para o ataque?”, questiona, em artigo publicado neste domingo.

A conspiração está comprovada: Moro e seus comparsas têm de ser presos

Conspiração comprovada

As revelações do Intercept de 8/9/19 trazem provas impressionantes do atentado terrorista cometido por Sérgio Moro e pela força-tarefa da Lava Jato, em conluio com a Rede Globo, em 16 de março de 2016 contra a presidente Dilma Rousseff.

Continuar lendo A conspiração está comprovada: Moro e seus comparsas têm de ser presos