Arquivo da categoria: Sem categoria

Ensaio Sobre a Loucura, novo livro de Evan do Carmo, será publicado este ano nos EUA

evandocarmo.com

Trecho do Livro Ensaio sobre a Loucura

10433128_279414458895563_8911530728704001479_nOs loucos diferem apenas em periculosidade, cada um expressa uma forma de loucura distinta. Crentes que dizem ver a Deus, mas que ignoram os homens. Médicos que receitam o não uso do tabaco, mas que são usuários inveterados de fumo e de álcool. Juízes que defendem a justiça de punhos fechados, mas aceitam suborno de mãos bem abertas, delegados que torturam para colher provas de crimes sem solução, políticos que desviam a grana da merenda escolar, filhos que escondem o que são dos seus pais, mulheres que fingem prazer com seus maridos, mas com os seus amantes se desmancham em volúpias. São todos loucos. E quem discordar deste argumento é louco também, apenas por discordar.

Meu livro. Ensaio Sobre a Loucura, à venda emwww.evandocarmo.com e emwww.clubedeautores.com.br Está sendo traduzido e publicado nos EUA pela editora America Star Books Publishing minha…

Ver o post original 1.151 mais palavras

Anúncios

Rollemberg virou motivo de piadas nas redes sociais

evandocarmo.com

Com apenas três meses de governo, Rollemberg já perde popularidade, causa principal foram as promessas de campanha que ele jamais executará. Entre várias podemos citar duas que serão fundamentais para seu fracasso como um todo. Rollemberg usou como principal bandeira de campanha, as eleições para administrador regional. Não precisa ser cientista política para saber que esta proposta é inverosímel. Nenhum governo em sã consciência criaria um poder paralelo para competir com o GDF. Fontes ligadas ao buriti já confessam que esta proposta não irá sequer para discussão na CLDF. A outra mentira de campanha foi a redução para 60 % o número de cargos comissionados.

Rollemberg não tem apoio na CLDF  para estas medidas “anti populares,” para os distritais, de quem ele depende para aprovação de outros projetos de interesse capital para seu governo. Celina Leão já deu seu recado, quando se negou colocar em votação o projeto que reduziria…

Ver o post original 40 mais palavras

Poema do dia

The idiosyncrasy of love love

is unexplainable Men and women,
that is what they believe:
That they had not loved nor been loved.
Poets have also fooled themselves into describing loving they did
not meet
They credit their archetype of invisible affection to the Muse, even
their unknowable, obtuse erudition, hoping to describe
An impossible love; however, by her they have not ever been kissed.
love is unsteady, thoughtless It has no past, no present
Love does not reveal or hide itself Love is a myth,
it is nothing and everything It is shadow and clarity,
at times darkness. Every so often it is grief, prison, necessity.
Love might be fate Some might call it choice
Unwritten romances , tombs of silence, deceiving door
Love is discreet, it does not speak up when it is not solicited
Although It might be a secret in its plans of chaining gods and
delivering Titans.

Evan do Carmo