QUEM É SÁBIO NESSE SISTEMA DE COISAS?

QUEM É SÁBIO NESSE SISTEMA DE COISAS?

Não há um homem realmente sensato na terra, pois sensato é aquele que evita afirmações tais como: nunca mais faço isso ou aquilo, especialmente se houver algum prazer em praticar ou permitir tal ação.

Contudo, há ainda aqueles que não conseguem alcançar tal prodígio, o de permitir ser rebaixado, por não poder evitar repetir erros, mesmo quando esses erros são dolorosos e causa de desonra.

Penso de modo muito particular sobre isso. Uma vez que um sábio deve saber evitar problemas e sofrimentos. Então ser realmente sábio nesse sistema de coisas deve ser sempre dizer sim para toda estupidez humana.

Evan do Carmo

O SUICÍDIO, LIVRO NOVO DO ESCRITOR EVAN DO CARMO

CAPA LIVRO EVAN
PARA COMPRAR NA LIVRARIA CULTURA – CLIQUE NA IMAGEM

Um homem pula do alto de um prédio comercial. Lá em baixo há um grande alvoroço, pessoas correndo para verificar se o homem morto ainda respira. Essa curiosidade mórbida dos seres humanos em si já é um tipo de insanidade, tudo isso acontece inconscientemente, as pessoas não se dão conta da lógica nem da razão, antes de serem como que empurradas, no meio da multidão para constatar o que já sabem. Como se fosse possível alguém sobreviver a uma queda de tamanha altura.

Continuar lendo O SUICÍDIO, LIVRO NOVO DO ESCRITOR EVAN DO CARMO

AO MEU NETO, BENÍCIO MOTA DO CARMO

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna

Geralmente, tenho usado a poesia como minha melhor forma de expressão, pois por meio dela me torno mais simples e objetivo, ao dizer aquilo que o meu coração experimenta, quando palavras não são suficientes, sobretudo com relação às grandes emoções vividas com os meus entes queridos, família como um todo.

Todavia, para falar sobre o milagre de voltar a ser criança, mesmo que seja por alguns dias, quando recebo a visita de um anjo, e por que digo anjo? Na concepção humana, imperfeita e redundante, para se descrever divindades, especialmente aqui no ocidente, não há outro termo para determinar um prodígio, (milagre) então usamos a palavra anjo, contudo, outros dizem santos ou deuses, mas eu acredito em anjo, especialmente nos de carne e osso, com um coração de luz de inocência, meus anjos são meus filhos e meus netos.

Tenho outros netos, uma neta que é uma princesa nórdica, um anjo de beleza e meiguice, Giovanna, foi ela a causadora da primeira regressão a um estado lúdico e indescritível de criança, hoje ela tem 4 anos, e por ser mulher, as nossas brincadeira são mais comedidas, não brincamos como se brinca com um neto homem, foi um encantamento a sua chegada em minha vida.

Com Benício, o meu neto homem é muito diferente, hoje ele tem apenas um ano e quatro meses, mas nós nos entendemos muito bem, ele ainda não fala corretamente, mas entende todos os comandos, quando o assunto é diversão. Ele brinca como se tivesse mais idade, sabe tudo sobre as peripécias da infinita lista de brincadeiras, que juntos inventamos, se arrisca nas aventuras mais perigosas, confia em mim e se joga de qualquer altura para me testar, para saber até que ponto eu me igualo a ele na delinquência infantil de correr riscos pelo prazer da descoberta.

Tenho ficado com ele dias seguidos, quando os pais vão viajar ou se divertir, não tenho palavras, como dito antes, para descrever o que sinto quando estou com este garoto divinamente infernal, pois nós dois juntos só faltamos tocar fogo na casa, o resto nós já fizemos de tudo. Ele me bate, me joga no chão, me ensina as mais inusitadas brincadeiras.

São esses momentos em que fico com ele, o que parece ser um fardo para as outras pessoas, para mim são deleites de um paraíso perdido por muitos homens e mulheres, que não viram de longe nem chegaram a conhecer, o milagre de ser avô, (voltar a ser criança).

São esses momentos que desejaria que fossem eternos, que de alguma forma, este anjo que Deus me concedeu o privilégio imerecido de conhecer e de com ele convier, fosse capaz de materializar essa fantasia, de os tornar realidade indestrutível, que este sonho incomparável que é a sua presença em minha vida se tornasse real, sem o despertar da sua ida para casa com os pais, e da minha volta à realidade de adulto, onde o mundo é cruel, chato e sem objetivo.

Entrevista com Tê Maria para a revista Leitura  e Crítica

A imagem pode conter: 19 pessoas, incluindo Te Maria, pessoas sorrindo, pessoas sentadas
LANÇAMENTO DO LIVRO

1 Como você se define como poeta e escritora?

Esta é uma definição difícil de se fazer com clareza ou precisão até porque ser poeta e escritora é para mim um processo em constante construção.

 Mas posso dizer que tenho a poesia na alma desde a mais tenra idade, costumo dizer que nasci gêmea da poesia, da literatura, da palavra.  Desde a infância a literatura se fez presente em minha vida e foi criando memórias que só tardiamente vim a entender.  Tudo que eu li se transformou num grande baú cheio de histórias e sentimentos que foram se juntando às minhas vivências, memórias que seriam depois o sustentáculo, o fio condutor para a poesia que hoje tento escrever.

Olavo Bilac compara este oficio “Ser poeta” como a de um escultor, um ourives ou um artesão. E é assim que me vejo de certa forma, sem ser pretensiosa, sinto-me uma artesã da palavra, que procura através linguagem, pela palavra escrita, exteriorizar sentimentos, dar vasão a tantas emoções reais ou inventadas.  Continuamente, buscando dar significação ao real e ao imaginário de forma poética.

Continuar lendo Entrevista com Tê Maria para a revista Leitura  e Crítica

Para ti, enquanto fores-poema

Para ti, enquanto fores

Sempre será eterna a minha decisão, fiz uma escolha consciente de nunca te esquecer, de nunca te trair ou te enganar. Se é amor, talvez nem eu saiba dizer. O amor não se explica, é um milagre feito de mel, azeite e trigo. Tu és a dona do meu atual viver, a casa para onde volto e encontro abrigo. Festejamos todo dia a melhor porção da vida, com música suave, com o vinho-amigo. Traçamos uma rota segura, com o mapa do amor, com a bússola da verdade chegaremos ao destino, onde espera-nos sorrindo a flor da eternidade!

Evan do Carmo

Literatura e Notícias

%d blogueiros gostam disto: