Amigos de Temer e outros presos na Operação Skala deixam a cadeia

Entre empresários e ex-agentes públicos, foram soltos o advogado José Yunes, amigo do presidente há mais de 50 anos e ex-assessor dele na Presidência

Depois de dois dias, os presos na Operação Skala foram soltos na noite deste sábado (31/3) por volta de 23h50, por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso. Dentre eles, estavam os amigos do presidente Michel Temer.
“Tendo as medidas de natureza cautelar alcançado sua finalidade, não subsiste fundamento legal para a manutenção”, escreveu o ministro relator na decisão. A Operação Skala apura supostas irregularidades na edição do Decreto dos Portos.
Anúncios

“Espírito Livre”

Dizem, alguns poucos lunáticos, dos remanescentes entre nós, que não importa a origem, de onde viemos, e sim para onde vamos…

Está implícito nesta sentença, algo muito peculiar ao Espirito Livre. Porque podemos sim, saber de onde viemos, mas os que são escravos do sistema, estes sabem apenas onde residem, mas nunca saberão aonde irá findar sua caminhada.

Já o espírito livre, aquele que faz o seu próprio caminho, pode escolher onde irá passar a noite de tormenta, e também onde irá amanhecer, como será o despertar de um novo dia. Este, a priori, tem, quase que de modo perfeito, o controle da situação, o Devir não lhe causa medo nem surpresa funesta.

#Evan do Carmo , 31/03/2018

#Nietzsche #Espírito #filosofia #poesia

POEMA, A ILUSÃO DE SER

A ilusão

Fomos nós que inventamos toda esta ilusão,
somos nós os redentores de nossa maldição

Há ilusão no querer, há ilusão no saber
há ilusão no mandar, há ilusão no poder.

Há ilusão nas estrelas, no céu azul a esconder
a ilusão desta vida, a ilusão de morrer
De ilusão somos feitos, por mais real que pareça
há ilusão do amor, que brevemente se esqueça.
Há ilusão de um sonho, de uma alegria sem fim
há ilusão no destino, mesmo que seja ruim

Há ilusão voa alto, que não se pode alcançar
na ilusão nós estamos na terra a caminhar.

A ilusão é fugas, a quem não quer aceitar
que somos bolas de gás, que Deus irá espetar.

 

Evan  do Carmo

“O HOMEM REVOLTADO”, ALBERT CAMUS

o-albert-camus-facebook
A terrível tristeza de Epicuro já traz um novo diapasão. Ela nasce, sem dúvida, de uma angústia da morte que não é estranha ao espírito grego. Ma s o tom patético que essa angústia assume é revelador. “Podemos nos precaver contra toda espécie de coisas; mas, no que concerne à morte, continuamos como os habitantes de uma cidadela arrasada.” Lucrecio afirma: “A substância deste vasto mundo está reservada para a morte e a ruína.” Por que, então, adiar o gozo para mais tarde.? “De espera em espera”, diz Epicuro, “consumimos nossa vida e morremos todos no sofrimento.” E preciso, portanto, desfrutar Mas que estranho gozo! Consiste em refazer os muros da cidadela, em garantir, na sombra silenciosa, o pão e a água. Já que a morte nos ameaça, é preciso demonstrar que a morte não é nada. Como Epicteto e Marco Aurélio, Epicuro vai banir a morte da existência humana. “A morte não é nada em relação a nós, porque aquilo que está destruído é incapaz de sentir, e o que não sente nada é para nós.” Será o nada.? Não, porque tudo é matéria neste mundo, e morrer significa apenas retornar aos elementos. O ser é a pedra. A singular volúpia da qual nos fala Epicuro reside sobretudo na ausência de sofrimento; é a felicidade das pedras. Para escapar ao destino, em um admirável movimento que reencontraremos em nossos grandes clássicos, Epicuro mata a sensibilidade; e, já de saída, o primeiro grito da sensibilidade, que é a esperança. O que o filósofo grego diz acerca dos deuses só pode ser entendido dessa forma. Toda a desgraça dos homens vem da esperança que os arranca do silêncio da cidadela, que os atira às muralhas à espera da salvação. Esses movimentos irracionais têm como único efeito o de reabrir feridas cuidadosamente envoltas em bandagens. E por isso (|ue Epicuro não nega os deuses, ele os afasta, mas tão vertiginosamente que a alma não tem outra saída a não ser enclausurar-se novamente. ” O ser bem-aventurado e imortal não tem negócios e nada cria para ninguém.” E I .ucrécio acrescenta: “E incontestável que os deuses, por sua própria natureza, gozam de imortalidade em meio à paz mais profunda, alheios a nossos negócios, dos quais se desligaram totalmente.” Es ( jueçamos portanto os deuses, não pensemos mais neles e “nem vossos pensamentos do dia, nem vossos sonhos da noite vos causarão problemas”.
 
Autor, Albert Camus , do Livro, O homem revoltado)
 
Leia isto… é de uma sapiência espantosa, mas tudo isso eu já postulei em poesia.

TERIA COMO EXPLICAR O INEXPLICÁVEL?

Se o universo tivesse um objetivo, segundo o filosofo Nietzsche, este objetivo já teria se confirmado.

Resultado de imagem para universo

Dizem os estudiosos em cosmologia, que o universo foi criado no momento em que surgiu a forma de matéria que deu origem a tudo o que é físico, e que existe hoje em dia, e que a energia que conhecemos em suas mais variadas formas, foram a consequência da grande explosão, do que eles chamam de Big Bang. Contudo, esta teoria, a meu ver estúpida, é bem aceita pela ciência. Mas, sendo verdade, mesmo que relativa, implica acreditar que o universo teve de fato sua origem há mais ou mesmo 13 730±120 milhões de anos, portanto em instante definido.

Continuar lendo TERIA COMO EXPLICAR O INEXPLICÁVEL?

17 políticos distritais disputam duas vagas abertas para o Senado

O cargo tem mandato de oito anos e garante a possibilidade de se candidatar no pleito de 2022 a outro cargo, sem riscos de ficar de fora da política em caso de derrota]

badidos.jpg

Mandato de oito anos, salário de R$ 33 mil, foro privilegiado, visibilidade, remunerações e regalias que, somadas, podem atingir a casa do milhão ao ano, além da competência para chancelar escolhas presidenciais aos cargos de ministros, procuradores e embaixadores e ainda autoridade para dar aval a operações financeiras. É extensa a lista de atrativos que tornam as 81 cadeiras do Senado Federal o desejo de diversos nomes do meio político. A vitória nesse projeto garante a possibilidade de concorrer ao GDF nas eleições seguintes, com a vantagem de não ficar sem cargo em caso de derrota. Dos três postos à disposição do Distrito Federal, dois serão disputados em outubro. Até agora, pelo menos 17 pessoas estudam entrar no páreo. A oficialização de algumas candidaturas, contudo, depende das negociações durante a construção das chapas majoritárias.

 

Continuar lendo 17 políticos distritais disputam duas vagas abertas para o Senado

Com a ajuda da justiça, SindSaúde consegue extorquir contribuição Sindical de todos os servidores da Secretaria de Saúde no STJ

Por Kleber Karpov

A Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) deve ser notificada, até o dia 20 de Março, para proceder o desconto da contribuição sindical, relativa aos anos de 2012 à 2017, de todos os servidores da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF). O caso ocorre por meio de um agravo apresentado pelo Sindicato dos Empregados de Estabelecimentos de Saúde de Brasília (SINDSAÚDE-DF), junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Na última semana, a 6a Turma do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) julgou a improcedência do pedido de unicidade sindical do SINDSAÚDE-DF, no processo no 6.1601-6/2014 e limitou o desconto, somente aos servidores representados pelo SINDSAÚDE-DF.

Porém, em outra investida do sindicato, junto ao STJ, a Rcl nº 35595 / DF (2018/0059213-4) autuada em 15/03/2018, a entidade sindical contestou a decisão em tribunal de primeiro grau do TJDFT, por supostamente, reformar decisão de Tribunal Superior. Com isso, o sindicato, obteve o reconhecimento parcial, de liminar, que garante o desconto de todos os servidores da SES-DF. Notícia essa, publicada neste domingo (18/Mar), pelo blog Nanda Oliveira.

SES-DF, que chegou a anunciar o desconto do imposto sindical dos servidores representados apenas pelo SINDSAÚDE-DF, além de efetivar os lançamentos dos valores a serem descontados, nas folhas de pagamento, referente ao mês de março. Porém, prestes a receber a nova decisão, a Secretaria será obrigada a estender aos demais servidores.

Rcl nº 35595 / DF (2018/0059213-4) autuado em 15/03/2018 (STJ)

Continuar lendo Com a ajuda da justiça, SindSaúde consegue extorquir contribuição Sindical de todos os servidores da Secretaria de Saúde no STJ

Literatura e Notícias

%d blogueiros gostam disto: