Procuradora Ruth Kicis: Câmara Revisora do Patrimônio não vai mandar um promotor processar um inocente

A procuradora de Justiça Ruth Kicis, integrante da Câmara Revisora de Defesa do Patrimônio, do Ministério Público do DF, afirma, em entrevista ao blog, que há evidências de irregularidades graves nos contratos de limpeza urbana no Distrito Federal nos últimos anos.

Continuar lendo Procuradora Ruth Kicis: Câmara Revisora do Patrimônio não vai mandar um promotor processar um inocente

Crise entre Liliane Roriz e o PRTB

Na legislatura passada, o ex-distrital Raimundo Ribeiro (PSDB) viveu uma crise com o partido pelo qual se elegeu, o PSL. A legenda brigava por mais espaço em seu gabinete, uma vez que Ribeiro era o único parlamentar eleito do PSL. E Ribeiro se recusava a abrigar mais correligionários em sua equipe. A briga foi parar no Tribunal Regional Eleitoral e na janela aberta para mudança de partido, Ribeiro trocou o PSL pelo PSDB. Situação semelhante se repete nesta legislatura. Os personagens desta vez são a distrital Liliane Roriz e seu partido, o PRTB. A direção da legenda exige que a deputada cumpra um artigo do estatuto que determina que 25% da verba indenizatória e dos cargos a que um parlamentar eleito tem direito devem ser entregues ao partido.

Continuar lendo Crise entre Liliane Roriz e o PRTB

Pedestre morre após ser atropelado por caminhão na via Estrutural

 (Breno Fortes/CB/D.A Press)Um homem morreu atropelado por um caminhão na via Estrutural, no Km 8 da DF-095, no início da tarde desta segunda-feira (21/2). Gilmar José de Oliveira, 31 anos, estava a caminho da empresa onde havia sido contratado no último sábado (19/2). Ele teria tentado atravessar a pista e não conseguiu recuar quando o caminhão o atingiu.

Segundo testemunhas, o veículo vinha em alta velocidade no momento do acidente. Após o atropelamento, o motorista fugiu do local a pé com medo de ser linchado e se apresentou no posto policial da Estrutural. O condutor e uma testemunha foram encaminhados à 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires).

Continuar lendo Pedestre morre após ser atropelado por caminhão na via Estrutural

Secretário de Administração recebe aprovados em concurso no Buriti

 (Fernando Caixeta/Esp CB/DA Press)Os aprovados em concurso público, que manifestaram contra a não convocação na Praça do Buriti, na manhã desta segunda-feira (21/2), são recebidos pelo secretário de Administração, Denilson Bento da Costa.

Cerca de 120 manifestantes, aprovados em concursos do Departamento de Trânsito e das secretarias de Justiça (Sejus) e de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) exigiam as contratações imediatas para esses setores. Eles interditaram duas das seis pistas da via N1 do Eixo Monumental por uma hora, entre as 10h30 e as 11h30.

Correio

Com suspeitas de irregularidades, Pdot deve voltar à Câmara Legislativa

Segundo a Secretaria de Habitação, cidades como Ceilândia têm potencial para crescer verticalmente (Monique Renne/Esp. CB/D.A Press - 5/5/07 )
Segundo a Secretaria de Habitação, cidades como Ceilândia têm potencial para crescer verticalmente

O debate sobre a polêmica revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot) será retomado nesta semana na Câmara Legislativa. O secretário de Habitação, Geraldo Magela (PT), articula com o líder de governo, Wasny de Roure (PT), como o assunto será tratado na Casa com deputados e representantes da sociedade. A intenção é abrir um espaço público para discutir, nos próximos 30 dias, alterações no atual plano. Cerca de 20% do texto do Pdot são considerados inconstitucionais pela Justiça em virtude de alguns artigos e itens inseridos na proposta a pedido dos distritais, o que caracteriza vício de iniciativa. Por lei, apenas o Executivo pode fazer alterações no projeto que estabelece regras para o planejamento do uso e da ocupação das terras do Distrito Federal.

Sancionado em abril de 2009, o Pdot foi alvo de uma ação direta de inconstitucionalidade apresentada pelo Ministério Público do DF no mesmo ano. Isso porque o projeto original foi modificado por centenas de emendas parlamentares. As mudanças permitiram a inclusão de novas áreas e setores habitacionais, com consequente aumento de despesa para os cofres públicos. À época, houve denúncias de um suposto loteamento do Plano Diretor para atender interesses pessoais e financeiros dos parlamentares. A revisão do texto aprovado durante a gestão de José Roberto Arruda (sem partido) foi incluída como uma dos compromissos de Agnelo Queiroz durante a campanha, registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Continuar lendo Com suspeitas de irregularidades, Pdot deve voltar à Câmara Legislativa

Temos ou não temos uma nova Câmara?

Nova Sede CLDF

Temos ou não temos uma nova Câmara? Saberemos em breve, este primeiro semestre vai ser ponto crucial para que o povo de Brasília conheça quem são de fato seus representantes legais. Dos Distritais envolvidos em grandes falcatruas, sobretudo daqueles amigos de Arruda, resta uma boa parte que, em detrimento da vontade da justiça, pois são acusados em processo de desvio de verba ou como recebedores de propina, do famigerado mensalão, alguns foram reeleitos e  permanecem acima da lei por possuirem imunidade parlamentar.

Continuar lendo Temos ou não temos uma nova Câmara?

%d blogueiros gostam disto: